Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Lobito não é uma cidade qualquer

Lobito e a sua história - compilação



Sábado, 12.05.12

1843 - PORTARIA RÉGIA D. MARIA II

28 de MARÇO 1843

 

Considerada por alguns como a data da fundação da cidade...

 

 

 

PORTARIA RÉGIA DE D. MARIA II em 28 de Março de 1843

 

"Tendo sido presente a Sua Magestade A Rainha o Officio nº 4 do Governador Geral da Província de Angola de 30 de Novembro do anno proximo passado, exponho as vantagens que resultam para o districto de Benguella da mudança da respectiva Cidade para o porto do Lobito...)

 

Reparem na actualidade e na preocupção urbanística de então... estamos a falar de 1843...

 

Em 1843 o nome de LOBITO já é utilizado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sao pernadas às 23:43

Sábado, 12.05.12

INTRODUÇÃO A ESTE BLOG "O LOBITO NÃO É UMA CIDADE QUALQUER"

INTRODUÇÃO:

Aproveitando todo o trabalho realizado por um dos ilustres presidentes camarários do Lobito (Jul 1947 - 1951), o Vice-Almirante PEDRO FRAGOSO DE MATOS (1912-1994), referido nas suas duas comunicações apresentadas em 1980 e em 1985 em Lisboa, respectivamente "Das areias e mangais nasceu... a cidade do Lobito" e "As Origens da Baía do Lobito", a meu modo irei contar a história da cidade onde nasci e vivi os meus primeiros anos e à qual retornei em 2006.

O objectivo é contar a história do Lobito dos seus primórdios  até à Independência, deixando o pós-independência para a AML, suportando-me nestas duas referências bibliográficas, bem como noutros documentos históricos  retirados no Google Books e, sobretudo no Arquivo Histórico Ultramarino, na Hemeroteca de Lisboa e na Biblioteca Nacional de Portugal, nomeadamente baseando-me nos Anuários de Angola, no Notícias do Lobito e Jornal O Lobito desde 1927 a 1975, entre outros documentos.

A documentação iconográfica foi obtida na Internet e grande parte dela tiveram origem nos acervos de três lobitangas, entre outros mais, Serafim do Vale, José Milhazes e Luis Cabrita  que as partilham com todos.

Esta ideia também surge a partir do forum LOBITO 100 anos no Facebook criado por Jorge Nunes (Hotéis Angola) cuja administradora Stella Leite Velho tem sido grande dinamizadora. 

Isto tudo porquê?

Porque o Lobito faz 100 anos como cidade em 02 de Setembro de 2013, porque fui convidada pela Administração Municipal do Lobito (AML) através do Dr. Amaro Segunda Ricardo como "embaixadora" dos Lobitangas da Diáspora, porque me foi solicitado em Abril deste ano a listagem dos antigos presidentes da câmara e como perdi/ganhei algumas horas em pesquisa, fica aqui o meu contributo perante este desafio de pesquisa.

Irei posteriormente colocar um link de todos os documentos consultados através das fotos retiradas em condições de luz precárias e não só, dos referidos documentos, apenas com uma câmara de telemóvel. O objectivo foi retirar apenas informação e isso consegui. As retiradas nos microfilmes foram bem difíceis.

Não há dúvida que estes dois artigos de Pedro Fragoso Matos têm toda a história e o trabalho de pesquisa do Sr. Vice-Almirante está feito. Irei transcrevê-lo a meu jeito, tentando ser o mais fiel possível.

Pretendo criar uma TIME LINE indo desde o início dos descobrimentos até aos tempos mais recentes. Irei colocar um POST para cada momento. De modo a terem uma ideia do que irão encontrar pretendo colocar vários POST com os títulos e alguma informação adicional, nomeadamente quanto aos presidentes da CML (objectivo inicial da pesquisa) e dedicar-me-ei a preenchê-los conforme vou fazendo a leitura dos textos. Vai ser um trabalho longo que me retirará da minha família e amigos. Que me perdoem. Não será muito tempo, pois já sabem que não consigo deixar pendentes, e o meu trabalho está primeiro.

Do lado de lá (o Lobito de hoje) irei esperar o contributo do Dr Amaro e sua equipa sobre o período mais recente, ao qual não tenho informação acessível.

 

Escolhi este título "O Lobito não é uma cidade qualquer" referido na diferente bibliografia como pertencente a um dos presidentes camarários em 54, o Comandante José de Pinna Cabral. Acho que esta frase diz tudo sobre a nossa cidade. Como cresceu em tão poucos anos, fruto da interação dos seus habitantes que viveram em função de dois grande polos de atracção, o Caminho de Ferro de Benguela (CFB) e o Porto do Lobito (PL). Rapidamente se tornou a segunda cidade de Angola. Poderia também escolher o de "Sala de visitas de Angola" para o qual os actuais dirigentes do município continuam a trabalhar. Basta compará-las com as restantes cidades... Mas identifico-me particularmente com a primeira.

 

Espero que desfrutem desta minha pesquisa, apesar da escrita não ser o meu forte, já que vivo da IMAGEM!

Este blog fica à espera do vosso contributo, desde que venha devidamente fundamentado com documentos. Obviamente essa contribuição será referenciada a sua origem. A César o que é de César, diz o ditado.

Obrigada a todos.

 

São Pernadas, em Maio de 2012

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sao pernadas às 12:16

Pág. 6/6



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Arquivo

2016

2012